Dê ouvidos à Palavra de Deus!
Ouça e pratique essa Palavra! Tolo é quem não o faz!
Ouça a Palavra de Deus, creia na Palavra e guarde-a em seu coração.
Esteja enraizado nela, e a coroa da vitória lhe está garantida!,
“Permaneça em vós o que ouvistes desde o princípio. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis vós no Filho e no Pai” (1 Jo 2.24).



Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. Provérvios 31:30

Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas

segunda-feira, 25 de março de 2013

Prontidão para Sofrer



Ora, pois, já que Cristo padeceu por nós na carne, armai-vos também vós com este pensamento, que aquele que padeceu na carne já cessou do pecado; 1 Pedro 4:1
Cristo é o modelo máximo de vida para os cristãos. Nosso alvo individual é o de sermos parecidos com Ele. Isso inclui termos a mesma prontidão que Ele teve para sofrer pela verdade. Segundo o que lemos no primeiro verso do quarto capítulo, Cristo Jesus é aquele que sofreu no corpo, isto é, que aceitou a dor como cumprimento da vontade divina em sua vida. Esta prontidão deve ser encontrada em nós, que seguimos a Ele.

A segunda parte do versículo afirma que aquele que sofre no corpo deixa de ser dominado pelo pecado. Há duas possibilidades de entendermos esse verso. A primeira, se refere a maneira como Pedro associa os cristãos com Cristo, mencionando que o sofrimento que enfrentamos é pelo fato de termos fé no Senhor. Já que decidimos seguir a Jesus, estamos sofrendo porque deixamos de ser dominados pelo pecado, pois a única coisa que nos liberta do poder do pecado é o sangue de Jesus Cristo.

A segunda interpretação se refere a maneira como o sofrimento nos ajuda a nos concentrarmos em Deus e na Sua vontade. Desta forma, os irmãos que estavam passando tribulações deveriam encará-las como uma oportunidade para se apropriar ainda mais dos benefícios da graça de Cristo, entre eles, o de vencer o poder do pecado pelo sangue do Cordeiro.


Texto de Pr Sérgio Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário