Dê ouvidos à Palavra de Deus!
Ouça e pratique essa Palavra! Tolo é quem não o faz!
Ouça a Palavra de Deus, creia na Palavra e guarde-a em seu coração.
Esteja enraizado nela, e a coroa da vitória lhe está garantida!,
“Permaneça em vós o que ouvistes desde o princípio. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis vós no Filho e no Pai” (1 Jo 2.24).



Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. Provérvios 31:30

Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Lucas 6:41-42

   

“Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão e
não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você
pode dizer ao seu irmão: ‘Irmão, deixe-me tirar o cisco do seu
olho’, se você mesmo não consegue ver a viga que está em seu
próprio olho? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então
você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão.”



   A maioria das pessoas quer saber quando erra. Muitos gostariam
de corrigir suas falhas. Mas, se nós, com falhas muito maiores,
tentamos corrigir nosso próximo, será tão absurdo quanto o homem
com viga no olho tentando tirar o cisco do olho de outro. Ninguém
chegará à perfeição antes de ajudar seu próximo. O ponto de Jesus
não é que só o homem ou a mulher sem defeito pode corrigir. O
grande impedimento para o discípulo não são falhas, mas, cegueira a
elas. Isso é ser desonesto consigo mesmo. Vamos olhar para nós
mesmos primeiro para ver se há alguma falha ou erro que talvez
esteja impedindo nossa visão para ajudar outros. Daí, nossa
tentativa de corrigir vai realmente ajudar. Não é isso que nós
queremos?

ORAÇÃO:

   Nosso bondoso Pai, ajude-nos a ver a nós mesmos como realmente
somos. Que possamos enxergar nossas falhas e reconhecer nossos
pecados. Queremos nos arrepender de tudo que não é de Jesus em nós.
Depois, se podemos ajudar outros a seguirem-no melhor, será uma
honra para nós. Em nome de Jesus oramos. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário