Dê ouvidos à Palavra de Deus!
Ouça e pratique essa Palavra! Tolo é quem não o faz!
Ouça a Palavra de Deus, creia na Palavra e guarde-a em seu coração.
Esteja enraizado nela, e a coroa da vitória lhe está garantida!,
“Permaneça em vós o que ouvistes desde o princípio. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis vós no Filho e no Pai” (1 Jo 2.24).



Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. Provérvios 31:30

Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

A trilha de lágrimas


E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto… —Apocalipse 21:4

Um acontecimento muito severo e trágico na história dos EUA foi a migração forçada de milhares de povos nativos no início do século 19. Tribos de índios norte-americanos, que celebraram tratados com a florescente população branca e lutaram lado a lado com ela, foram expulsos das terras de seus ancestrais. No inverno de 1838, milhares de índios Cherokees foram forçados a embarcar numa brutal marcha de 1.600 quilômetros em direção ao oeste, conhecida como a Trilha de Lágrimas.

Esta injustiça causou a morte de milhares de pessoas, muitas das quais tinham pouca ou nenhuma vestimenta, calçados ou suprimentos para tal jornada. O mundo continua repleto de injustiça, dor e sofrimento. Nos dias de hoje, muitos podem sentir-se como se estivessem deixando uma trilha de lágrimas — lágrimas que passam despercebidas, e pesar não confortado.

Mas, nosso Senhor vê nossas lágrimas e conforta nossos corações abatidos (2 Coríntios 1:3-5). Ele também declara a esperança de um tempo futuro não marcado pelas manchas de pecado ou de injustiça. Nesse dia e lugar, Deus “…lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram” (Apocalipse 21:4).

O Deus que oferece libertar-nos das lágrimas futuras é o único que pode confortar totalmente nossas lágrimas agora. Quando Deus permite provações, Ele também supre o conforto.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário